Leucemia Linfóide Aguda (LLA)

LLA

A Leucemia Linfóide Aguda (LLA), pode ser chamada de leucemia linfoblástica aguda, resulta em um dano genético adquirido (não herdado) no DNA de um grupo de células na medula óssea. As células doentes substituem a medula óssea normal.

Os efeitos são o crescimento incontrolável e o acúmulo das células chamadas de “linfoblastos” que perdem a capacidade de funcionar como células sanguíneas normais havendo um bloqueio da produção normal de células na medula óssea, levando a uma diminuição na produção de glóbulos vermelhos, plaquetas e glóbulos brancos na medula óssea.

linf.

Subtipos

LLA-L1: Células pequenas (<14 micra), aspecto homogêneo, baixa relação núcleo/citoplasma, núcleo regular, nucléolos pequenos, vacuolização ausente;

LLA-L2: Predomínio de células grandes (>14 micra), aspecto heterogêneo, grande relação núcleo/citoplasma, núcleo irregular, nucléolos visíveis, vacuolização variável;

LLA-L3: Predomínio de células grandes, aspecto homogêneo, grande relação núcleo/citoplasma, núcleo regular, nucléolos proeminentes, vacuolização intensa.

Quadro Clínico

  • Síndrome anemica (a MO fica deficiente na produção de hemácias)
  • Síndrome febril
  • Síndrome tumoral (hepatoesplenomegalia). Os blastos têm afinidade pelos orgãos que foram hematopoéticos na vida intra-uterina (fígado e baço).
  • Síndrome hemorrágica (a MO fica deficiente na produção de plaquetas)
  • Dores ósseas (atividade da MO aumentada)

Citoquímica

Mieloperoxidade: negativo;
PAS: positivo;
Sudam Black: negativo;
Alfa-naftil: negativo;
Fosfatase ácida: positivo para LT e negativo para LB.

Imunofenotipagem

Pesquisa de antígenos da linhagem celular com uso de anticorpos monoclonais contra esses antígenos de superfície.

Linfóide T: positivo para CD 2, 3, 5 e 7 (rara)

Linfóide B: positivo para CD 18, 19, 22 e 10

CD 25 pan: T e B

Hemograma

Série Vermelha: anemia normocítica e normocrômica;
Série Branca: leucopenia/leucocitose com linfoblastos;
Série Plaquetária: trombocitopenia;

Mielograma: hipercelular com infiltração de linfoblastos.

Outros ensaios

Citogenética
Linfóide T: translocações do cromossomo 14 (por isso é rara);
Linfóide B: várias translocações.

VHS: aumentado.

Reticulócitos: diminuídos.

Cálcio sérico: aumentado (reabsorção óssea).

Ácido Úrico: aumentado.

Brunno Câmara Biomédico

Biomédico Residente em Hematologia e Hemoterapia no Hospital das Clínicas - UFG (HC-UFG). Criador e administrador do blog Biomedicina Padrão. Colunista do portal LabNetwork.

Posts relacionados

Estudos 8710996849762791711

Publicidade

Facebook

Vagas

Top 3

camisetas

Parceiros

Newsletter

Receba as novidades no seu e-mail:

Arquivo

Pessoas online

Visualizações de página

grupo biomedicina Padrão

Top Blog

item